A POLÍTICA ECONÔMICA DO PLANO REAL, O COMPORTAMENTO DA TAXA DE JUROS E AS HIPÓTESES DAS DOMINÂNCIAS MONETÁRIA E FISCAL

Marcela Domingues Ferreira, Michele dos Santos Silva, André Roncaglia Carvalho

Resumo


A discussão existente entre alguns economistas acerca da intensidade e da eficácia das políticas monetária e fiscal nos países é de importante valia para o entendimento de suas características e das consequências da ação do Estado. Este estudo consiste em analisar de forma sintetizada o contexto histórico do Plano Real, apontar como se deu a política monetária do período e apresentar as duas vertentes do debate: as hipóteses de dominância monetária e de dominância fiscal. O que distingue um país do outro na caracterização de uma das dominâncias é como este utiliza o mecanismo de alterações na taxa de juros diante de duas finalidades. Após a apresentação desta pesquisa é possível verificar a intenção das mudanças na taxa de juros na economia brasileira ao longo dos anos 90 e 00, bem como apontar a tendência de dominância fiscal no período em questão.

Texto completo:

PDF


Av. Liberdade, 532 - Liberdade - CEP 01502-001 - São Paulo
©1998-2011 FECAP - Todos os direitos reservados.
ISSN - 2179-5975