ANÁLISE DO GRAU DE APRENDIZADO DAS COMPANHIAS ENTRE OS ANOS DE 2010 E 2011 QUANTO À ELABORAÇÃO DA NOTA EXPLICATIVA DE PRINCIPAIS POLÍTICAS CONTÁBEIS

Cristiano Pereira Batalha, Thaise Pereira da Silva Souza, Thays Candido Pereira Calegari

Resumo


As demonstrações financeiras são um dos principais meios de comunicação das companhias com seus investidores. Os diversos agentes interessados na operação da companhia por algum interesse específico podem utilizá-las como auxílio ou fonte principal para tomada de decisão. Para tanto, é premente conhecer as principais práticas contábeis atinentes à elaboração dos dados nelas constantes. A nota explicativa de Principais Políticas Contábeis é potencialmente útil para esse fim, ao resumir quais premissas foram utilizadas para registrar os eventos econômicos. Diante do contexto ora apresentado, o presente estudo visa a verificar se houve melhora no que se refere à compreensibilidade das informações apresentadas para essa nota explicativa nos exercícios findos em 2010 e 2011 das 109 companhias listadas na BM&FBovespa mais líquidas. Para tal verificação utilizou-se como principal medida a Fórmula de Flesch e o Índice de legibilidade de Flesch-Kincaid, como parâmetros de comparação às duas primeiras respectivamente a Fórmula de Fernandéz Huerta e Índice de Coleman Liau. Foram aplicados testes estatísticos sobre os resultados e concluiu-se, em consonância a outros estudos já realizados na mesma área, que a referida nota explicativa é tida como de difícil leitura, ou seja, se faz necessário certo conhecimento técnico para sua compreensão. Os resultados encontrados em ambos os anos são convergentes, de forma que não há indicativos de melhoria na compreensibilidade da nota de Principais Políticas Contábeis nas companhias analisadas.

Texto completo:

PDF


Av. Liberdade, 532 - Liberdade - CEP 01502-001 - São Paulo
©1998-2011 FECAP - Todos os direitos reservados.
ISSN - 2179-5975