INFLUÊNCIA DO NÍVEL DE GOVERNANÇA CORPORATIVA NA EVIDENCIAÇÃO DO ATIVO IMOBILIZADO DAS EMPRESAS DO SETOR DE BENS INDUSTRIAIS DA BM&FBOVESPA

Rosemar José Hall

Resumo


Este artigo tem o objetivo de verificar a influência da evidenciação do ativo imobilizado no nível de governança corporativa das empresas do setor de bens industriais da BM&FBovespa. Para tanto, levantou-se as informações contábeis evidenciadas nas demonstrações contábeis de 2011, de 34 empresas do setor de Bens Industriais listadas na BM&FBovespa. Apurou-se grau de evidenciação por meio da análise discriminante e da correlação de Spearman. Os resultados revelaram uma reclassificação do nível de governança das empresas estudadas, 58,8% das empresas permaneceu no mesmo grupo de governança, sendo que algumas empresas foram reclassificadas de um nível mais alto para outro inferior do nível de exigências da governança corporativa.

Texto completo:

PDF


Av. Liberdade, 532 - Liberdade - CEP 01502-001 - São Paulo
©1998-2011 FECAP - Todos os direitos reservados.
ISSN - 2179-5975