Os resultados de uma organização

Leonardo Fabris Lugoboni

Resumo


As decisões tomadas no cotidiano de uma empresa afetam seus resultados operacionais e financeiros. Esta edição da Revista Liceu On-Line, apresenta algumas pesquisas que discutem aspectos de gestão que de forma direta ou indireta afetam os resultados de uma organização.

Apresenta trabalhos que discutem temas como gestão de pessoas, gestão de fluxo caixa, gestão de custos e gestão orçamentária no setor público, gestão tributária e governança e a relação desses temas com a gestão das organizações.

O primeiro trabalho discute a reação e percepção dos funcionários que passaram por processo de fusão em uma instituição financeira. O trabalho apresenta que o processo teve influência em seus comportamentos.

O segundo trabalho apresenta uma análise da preferência das empresas com relação ao método utilizado na demonstração do fluxo de caixa. Foi identificado que mais de 96% das mais de 600 empresas pesquisas optaram pelo método indireto, embora as razões ainda não estejam claras para os pesquisadores.

O próximo trabalho discute o processo de implantação, bem como do monitoramento e apuração de custos no Ministério da Saúde. O trabalho apresenta um grande esforço de tecnologia de informação e coordenação de diversos agentes para a efetivação da implementação.

A pesquisa seguinte buscou identificar as percepções da geração Y sobre o ambiente organizacional, e como a gestão estratégica de pessoas pode melhorar os resultados da organização. A pesquisa apresenta uma série de dimensões que são valorizadas pelos respondentes da geração Y e que podem ser melhor geridas pelas organizações.

O quinto trabalho analisa o Orçamento Participativo em três grandes capitais do país (Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo) e destacam como principais resultados a evidenciação de que há pouca participação da população no processo orçamentário das cidades analisadas.

            O sexto trabalho apresenta uma discussão tributária no segmento de tabaco e foi perceptível que o PIS/PASEP e COFINS se apresentam de forma agressiva no ramo tabagista.

            O último trabalho desta edição verifica a influência da evidenciação do ativo imobilizado no nível de governança corporativa das empresas do setor de bens industriais da BM&FBovespa. O estudo mostra alterações significativas dos níveis de governança nas empresas estudadas.

            De modo geral, todos os trabalhos apresentam importantes discussões sobre a gestão das empresas nos resultados da organização.

                      Boa leitura

 Prof. Leonardo Fabris Lugoboni

Email: leonardo.lugoboni@fecap.br


Texto completo:

PDF


Av. Liberdade, 532 - Liberdade - CEP 01502-001 - São Paulo
©1998-2011 FECAP - Todos os direitos reservados.
ISSN - 2179-5975