Responsabilidade social corporativa: Perenidade nos projetos de instituições financeiras

Andressa Zani da Silva, Sady Mazzioni

Resumo


A partir de uma postura de maior exigência dos consumidores e da sociedade em geral, as empresas passaram a adotar determinadas práticas de responsabilidade social. As instituições financeiras também passaram a receber cobranças pelos investidores, governo e clientes, incorporando práticas de gestão que visem manter uma boa imagem social. Esta pesquisa pretende abordar a RSC nas instituições financeiras que estão presentes no grupo Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). O objetivo é analisar a perenidade no desenvolvimento de projetos de responsabilidade social corporativa em instituições financeiras integrantes do ISE. A pesquisa se classifica como exploratória quanto aos objetivos, documental quanto aos procedimentos e de abordagem qualitativa quanto ao problema. A amostra é composta pelas quatro instituições presentes no Índice de Responsabilidade Empresarial (ISE) durante os anos de 2011 a 2015. Na comparação de valores investidos, nota-se que todos os bancos possuem um valor expressivo destinado aos projetos de responsabilidade social, isso demostra como o segmento financeiro é engajado com a sociedade em geral e com o meio ambiente. Os resultados indicam que os projetos de responsabilidade social das instituições financeiras são perenes e que os maiores investimentos sociais são no segmento de educação e cultura.

Texto completo:

PDF


Av. Liberdade, 532 - Liberdade - CEP 01502-001 - São Paulo
©1998-2011 FECAP - Todos os direitos reservados.
ISSN - 2179-5975